Circuito da Liberdade é sancionado

A partir de 2012, o Carnaval de Salvador terá um novo percurso.
Além dos tradicionais Dodô (Barra/Ondina), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho), a Liberdade terá o circuito Mãe Hilda, que pretende descentralizar o acesso à folia. O projeto, de autoria da vereadora Léo Kret do Brasil (PR), aprovado na Câmara Municipal, foi sancionado nesta sexta-feira (10) pelo prefeito João Henrique Carneiro (PP). "Já é realidade.
Vovô (presidente do bloco Ilê Ayiê) está muito alegre, assim como os comerciantes e a população da Liberdade.
É mais cultura, lazer e geração de renda para o meu querido povo da região", comemorou a edil, em contato com o Bahia Notícias. Até este ano, o bairro mais negro da América Latina participava da festa com a saída do Ilê, que ocorre aos sábados do festejo de Momo, e um dos palcos do carnaval de bairros.
A homenagem a Mãe Hilda deve-se à sua importância para a comunidade da Liberdade. Falecida em 2009, aos aos 86 anos, a genitora de Vovô e ialorixá do candomblé jeje, era conhecida como "guardiã da fé e da tradição africana".