Chefs dão show em Itacaré

Fonte: Folha Geral http://www.folhageral.com/noticias/bahia/2015/11/chefs-dao-show-em-itacare/#ixzz3sofUUjwT


Nomes nacionais estarão na segunda edição do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré
Chefes com diferentes propostas gastronômicas estarão Reunidos no Festival Gastronômico Sabores de Itacaré. No evento que vai de a 13 de dezembro, nomes como Lucius Gaudenzi, Eber Leão, Rosa GonçalvesRodrigo CastroDaniela Façanha,Charles Silva e Rivandro França se reúnem durantetrês dias para a cozinha show apresentando temas como Sabores da Amazônia em Itacaré, Comida com Sabor de Lembrança, Cozinha Criativa, Do Mar ao Sertão, Sabores da Costa do Cacau e Cozinhando Escondidinho.
A cozinha show acontece do dia 3 ao dia 5, a partir das 17h, na Orla da cidade e na Praia da Concha aberto ao público. Quem abre a programação, no dia 3, às 19h, é o chef Lucius Gaudenzi. O soteropolitano apresenta o “Nas Ondas de Itacaré”. No dia, mostra um pouco do que aprendeu na conceituada escola de gastronomia “Le Cordon Blue Paris” e nas suas andanças por diversos países. A escolha do tema se deu porque Lucius também é surfista e frequenta Itacaré desde 1979, além de desenvolver um trabalho na cozinha que vem ganhando cada vez mais admiradores, por usar produtos típicos da Bahia e técnicas internacionais para criar seus saborosos pratos.
Chef Lucius. Foto: Divulgação
Chef Lucius. Foto: Divulgação
Chef Leão. Foto: Divulgação
Chef Leão. Foto: Divulgação
Na sexta feira, a Cozinha Show começa com o tema “Sabores da Amazônia em Itacaré”. A partir das 17h, o chef amazonense Eber Leão, que é empresário e cozinheiro na área de banquetes há duas décadas, em Manaus, apresenta pratos com Pirarucu, Tucupi, Farinha de Uarini, Cupuaçu, Jambu, Tucumã e Pupunha. Quem estiver em Itacaré experimentará os sabores típicos do Amazonas. A noite segue com a curadora do evento, a chef Rosa Gonçalves. Com o tema “Comida com Sabor de Lembrança”, sua apresentação trará ao público sabores preservados nas lembranças familiares, que se constituem em verdadeiros tesouros guardados por diversas gerações.
Rosa Gonçalves. Foto: Divulgação
Rosa Gonçalves. Foto: Divulgação
Na busca de fortalecer a gastronomia de raiz Rosa vem realizando  projetos de capacitação profissional em vários municípios da Bahia e também profere palestras, oficinas e aulas-shows nas quais leva a mensagem de valorização das raízes gastronômicas, da agricultura familiar, dos pescadores e pequenos produtores de alimentos. A noite termina com o Chef Rodrigo Castro. A herança baiana deu o tempero ao perfil do chef: mesclada às virtudes adquiridas no ofício e na academia, fez de Rodrigo um profissional bem formado que passeia pela culinária de suas origens com muita propriedade. Castro apresenta o tema “Cozinha Criativa”, no qual resgata e mantem ingredientes e receitas da cozinha baiana, já não mais usuais, acrescentando um pouco de contemporaneidade aos pratos da cozinha de raiz.
Rodrigo Castro. Foto: Divulgação
Rodrigo Castro. Foto: Divulgação
No dia 5, quem abre a programação é uma chef da Costa do Cacau, de Ilhéus. Daniela Façanha apresenta o tema “Sabores da Costa do Cacau”. Criatividade é a marca forte dessa chef, que surpreende com pratos elaborados com produtos da Costa do Cacau e que são uma explosão de cores, sabores e aromas. O dia segue com o Chef Charles Silva. “Do Mar ao Sertão” é o tema que o baiano apresentará utilizando a culinária regional (do mar e do sertão). Ingredientes, cheiros, temperos e a diversidade cultural nordestina possibilitam a criação de pratos com sabores incríveis.
Chef Daniela. Foto: Divulgação
Chef Daniela. Foto: Divulgação
Charles. Foto: Divulgação
Charles. Foto: Divulgação
Um pernambucano encerra a Cozinha Show no Festival Gastronômico Sabores de Itacaré. Chef revelação de Pernambuco/2013, Chef revelação do Brasil/2013, cozinheiro do Restaurante Cozinhando Escondidinho, atualmente apresentador de programa de TV, o chef Rivandro França segue seu sonho de infância acreditando que a gastronomia mudará o mundo. No festival realiza aula-show com os produtos da Costa da Cacau, com os quais irá criar pratos em homenagem a Itacaré, com o tema “Cozinhando Escondidinho”.
Rivandro. Foto: Divulgação
Rivandro. Foto: Divulgação
O segundo Festival Sabores de Itacaré é uma realização da Prefeitura de Itacaré, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e ABRASEL, em parceria com a Escola de Culinária Rosa Gonçalves e a Produção da ONG RODA BAIANA, e conta com o apoio da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação. O evento é patrocinado pelo Governo do estado através das secretarias de turismo e Desenvolvimento Rural.
Festival Gastronômico Sabores de Itacaré – Com o Cacau como tema principal o evento acontece em dez dias. Na data, 36 restaurantes participantes apresentarão pratos com os produtos tradicionais da região cacaueira, principalmente aqueles cultivados pela agricultura familiar. O evento contará com atrações artísticas e culturais envolvidos nos principais pontos da cidade como Orla, Pituba, praça das mangueiras e passarela da Vila.
Com essa diversidade, a proposta é envolver os restaurantes e ambientes turísticos da cidade no projeto. O Festival Gastronômico Sabores de Itacaré ainda contará com feira de produção associada ao turismo, de agricultura familiar e de artesanato. Participam da iniciativa chefes locais, regionais e nacionais para desenvolver o que mais reinará no evento: a culinária. Para capacitar o trade local, o festival contará com cozinha show, rodas de conversas, visitas técnicas, e, este ano, uma novidade as Festas do Chef.
Itacaré – Situada na Costa do Cacau, ao sul de Salvador, a pequena cidade abriga uma grande variedade de belezas naturais: praias maravilhosas, cachoeiras deslumbrantes, Mata Atlântica preservada, rios e manguezais. Muitos consideram como o lugar que tem as melhores ondas da Bahia. Itacaré, com formação geológica única no Nordeste Brasileiro, é muito visitada por praticantes de esportes radicais e de aventura.
A cidade conta com mais de oito mil leitos de hospedagem e 174 bares e restaurantes, divididos entre quatro hotéis, 84 pousadas, 52 casas de temporadas, 27 flats, nove camping, seis hostels e duas hospedagens rurais. O destino turístico tem opções para todos os gostos. Isso sem falar nas 14 encantadoras praias, seis delas urbanas que muitas vezes podem ser vistas da janela do quarto.
Para chegar à cidade, que fica na Costa do Cacau, saindo de Salvador, há a opção de pegar o ferry-boat para Bom Despacho, na Ilha de Itaparica, e seguir até Itacaré pela rodovia BA-001. Para sair de Ilhéus, o acesso é direto pela BA-001, seguindo o litoral.
O cacau – Derivado do termo kakaw, de origem Maia, não se sabe ao certo quais os primeiros povos que cultivaram o fruto. Antes mesmo dos colonizadores espanhóis chegarem à América, já era plantado pelos índios. O fruto foi ganhando importância econômica com a expansão do consumo de chocolate. Em meados do século XVIII, tinha atingido o sul da Bahia, onde se adaptou ao clima e solo. A região alcançou produção de até 95% do cacau brasileiro. O Brasil é 5° produtor do mundo, ao lado da Costa do Marfim, Gana, Nigéria e Camarões.
2ª edição do Festival Gastronômico Sabores de Itacaré
De 3 a 13 de dezembro
Participam 36 estabelecimentos
Mais informações   www.festivalsaboresdeitacare.com.br