ROTEIRO DE TEATRO

EM CARTAZ




Um Caso de Língua - Texto: colagem. Direção: Carmem Paternostro. Com Urias Lima. O espetáculo faz um mosaico da formação do português brasileiro, a partir das influências de três matrizeslinguísticas: africana, portuguesa e tupi. Teatro Gamboa Nova – R. Gamboa de Cima, 3, Largo dos Aflitos, (3329-2418).R$10 e R$5. Quarta, 20h. Até 29 de setembro.



O Nórdico - Direção: Thor VazeNando Zâmbia. Com: Thor Vaz. O espetáculo traz uma abordagem psicológica acerca do homem e suas relações sociais, políticas e éticas. Com trilha sonora executada ao vivo pelosmúsicos Tomaz Mota e Leopoldo Vaz Eustáquio. Teatro Gamboa Nova – Largo dos Aflitos, 3, Gamboa (3329-2418). R$ 10 e R$5. Quinta,20h. Até 30 de setembro.


Os Donos do Riso - Com: Paulo Prazeres, Guga Walla e Miguel Vieira. O grupo faz espetáculo de Stand Up comedy, com piadas rápidas e abordagem de temas atuais e cotidianos de Salvador. Teatro Uneb – Av. Silveira Martins, 2555, Cabula (3329- 2418). R$ 5. Qui, 20h. Até 30 de setembro.


MPB – Mulher Popular Brasileira - Direção: João Lima. Direção musical: Déco Simões. Comédia musical que homenageia a mulher brasileira por meio da música popular brasileira. Teatro Salesiano – Pç. Almeida Couto, 347, Nazaré (3327-0166). R$ 30 e R$ 15. Sáb e dom, 20h. 12 anos. Até final de setembro.


Oficina Condensada - Texto: Aninha Franco. Direção: Fernando Guerreiro. A comédia, encenada pela atriz Rita Assemany, trata da situação da mulher por intermédio do relato de uma professora e sacoleira. Teatro Módulo – Av. Magalhães Neto, Pituba (3354-6654). R$ 40 e R$ 20. Sáb, 19h, e dom, 18h. Até 30 de setembro.


Siricotico, Uma Comédia do Balacobaco - Texto: Vinnicius Morais e Lelo Filho. Direção: Fernanda Paquelet. A peça mostra as confusões vividas por uma trupe de teatro na tentativa de montar um novo espetáculo e reconquistar o sucesso com o seu público. Teatro Isba – Av. Oceânica, 2.717, Ondina (4009-3689). R$ 30 e R$ 15 (sex e dom) e R$ 40 e R$ 20 (sáb). Sex a dom, 20h. 14 anos. Até 3 de outubro.


Honra - Texto e direção: Teresa Costalima. Com Daniela Onnis, Luiza Vianna, Tânia Abreu e Teresa Costalima. A peça apresenta quatro monólogos para contar a história de Pedro, rapaz que troca cartas com sua avó Emerenciana narrando uma vida gloriosa que não teve. A avó responde as cartas e revela apenas os aspectos positivos da vida da família, os “podres” começam a aparecer a partir da eminência de sua morte. Café Teatro Sitorne - R. Deputado Cunha Bueno, 55, Rio Vermelho (3347-7089). Qui a dom, 19, 20h. Até o dia 3 de outubro.


Ogum, Deus e Homem - Direção: Fernanda Júlia. Com Val Perré, Jussara Mathias, Marinho Gonçalves, Fernando Santana, Jefferson Oliveira, Luiz Guimarães, Clara Paixão e Deilton José. No ensaio aberto, os presentes serão convidados para um bate-papo com toda a equipe de Ogum. A peça narra a história da divindade yorubá Ogum, revelando a trajetória do senhor da tecnologia. Tem como ponto de partida seis Itans (lendas) do orixá, apresentando o seu amor pela humanidade e por sua Oyá, além da sua força como grande engenheiro do universo. Sala 5 da Escola de Teatro da UFBA – Canela. Os ingressos devem ser retirados até 1 hora antes. Sexta, 20h. De 25 de setembro a 3 de outubro, exceto dia 27, uma segunda-feira. Até 3 de outubro.


A Coroa do Tempo - Texto e direção: Andrea Elia. Direção musical: Ubiratan Marques. Com o grupo Karas & Koroas, da Associação de Servidores Aposentados e Pensionistas da Previdência Federal da Bahia (ASAP). Espetáculo musical que fala sobre o papel do idoso na sociedade e o acesso aos bens culturais. Teatro Isba – Avenida Oceânica, 2717, Ondina (4009-3689). Sáb e dom, 16h. Dias 18, 25 e 26 de Setembro e 3 de outubro.


Maldito Coração (Me Alegra Que Tu Sofras) - Com texto de Vera Karam, direção de Tânia Tôko e interpretação de Alice Lopes. A peça aborda o papel das mulheres no século XXI e todos os preconceitos e problemas enfrentados por elas. Espaço Cultural Raul Seixas – Sindicato dos Bancários, Av. Sete de Setembro. Sexta e sábado, 20h. R$ 10 mais um quilo de alimento não perecível. Até 9 de outubro.


Matilde, La Cambiadora de Cuerpos - Texto: Fábio Espírito Santos. Direção: Hebe Alves. Com a Cia. A4. A peça conta a história de uma paraguaia, que, de beijo em beijo, vai trocando de corpos e roubando histórias. De forma crítica e bem humorada, o espetáculo traz para a cena 29 personagens inspirados em âncoras de TVs, repórteres, apresentadores dos programas de auditório e personagens públicos. Teatro Vila Velha – Av. Sete de Setembro, s/n, Passeio Público, Campo Grande (3083- 4600). Sexta, sábado, domingo, 20h. R$ 20 e R$ 10. Até 17 de outubro.


Os Cafajestes - Direção: Fernando Guerreiro. Texto: Aninha Franco. Comédia musical sobre o universo machista. Teatro Módulo – Av. Magalhães Neto, 11, Pituba (3354-6654). R$ 50 e R$ 25 (sáb e dom) e R$ 40 e R$ 20 (sex). Sex e sáb, 21h, e dom, 20h. Até 30 de outubro.


7 Conto – A Comédia - Ator baiano Luis Miranda fala sobre as diferenças do Brasil através da história de vida de sete personagens. Direção: Ingrid Guimarães. Texto: Luis Miranda. Teatro Jorge Amado - Avenida Manoel Dias da Silva, 2177, Pituba. (71) 3525-9720 ou 3525-9708. Ingresso: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). À venda: Bilheteria do teatro (Seg a sex. das 16h às 20h; sab. 14h às 20h). De sexta a domingo, às 20 horas. Até 21 de novembro.





ESPETÁCULOS INFANTIS


Quem Conta Faz de Conta - Texto, direção e músicas: Heraldo Souza. Com: Etiene Bouças, Elinaldo Nascimento, Heraldo Souza, Luiz Guimarães e Lucy Castro. O espetáculo musical faz uma adaptação de contos populares, com uma estética que busca no universo da cultura popular os elementos para a sua estruturação, mostra a Trupe do Sol Nascente sendo despertada pela canto da ave da alvorada, que anuncia mais um dia. Logo todos preparam figurinos, cenário e instrumentos musicais para mais uma apresentação com música e dança, com gente e com bonecos, para contar as velhas histórias guardadas na memória. Teatro Sesi – R. Borges dos Reis, 9, Rio Vermelho (3616-7061). R$ 16 e R$ 8. Sáb e dom, 16g.