Caesar Business Salvador Bahia




Com 154 apartamentos, 32 lofts e 40 lineares, o Caesar Business Salvador Bahia, localizado no bairro da Pituba, é o mais novo empreendimento da Hotelera Posadas, maior operadora hoteleira de origem latino-americana, com mais de 20 mil apartamentos, em 51 destinos no Brasil, Argentina, Chile e México. Construído em parceria com a Fator Realty, esta é a primeira unidade do grupo Posadas no Nordeste.


Lançado na Abav 2010, o hotel, que visa atender à demanda do turismo executivo da capital baiana, fica a 30 minutos do Aeroporto Internacional de Salvador, 20 minutos do Centro Histórico e a cinco minutos do Centro de Convenções.

Com investimento de R$ 46,6 milhões, o empreendimento compreende, do térreo ao 9º andar, 154 apartamentos, e do 10º andar ao 17º mais cobertura, área residencial com apartamentos de sala e suíte – 32 lofts e 40 lineares. As residências não estão ligadas ao hotel, mas os moradores poderão usufruir do conforto dos serviços de um Caesar Business por meio do sistema pay-per-use.

A diversidade cultural, patrimônio histórico e belezas naturais foram alguns dos motivos que influenciaram na escolha da capital baiana para a abertura do hotel. Aliado a isso, o fato de Salvador ser um dos principais destinos da América do Sul, respondendo por 28% do fluxo turístico doméstico para o Estado e ser a cidade preferida na Bahia por turistas estrangeiros, foi essencial para a escolha da cidade.

“A capital baiana é uma referência no turismo para a Região Nordeste, para o Brasil e para o continente. Estamos preparados para atender a uma parcela significativa da demanda hoteleira da cidade, tanto no segmento de negócios, nosso target prioritário, como no de lazer”, afirma o diretor-geral da Hotelera Posadas para a América do Sul, Francisco Gutiérrez.

Além do Ceasar Business Salvador, a Bahia deve receber US$ 5,9 bilhões em empreendimentos turísticos até 2017. Entre eles, está o Resort Ilha de Cajaíba, cujo investimento será de US$ 600 milhões.

Nos últimos quatro anos, nove empreendimentos foram inaugurados, entre eles o Iberostar Praia do Forte, cujo investimento foi de US$ 100 milhões, e o Grand Palladium, em Imbassaí, que foi inaugurado em setembro. O Hotel da Bahia, que estava numa profunda crise, será reinaugurado com recursos próprios da GJP Participações, em agosto do próximo ano.

in http://www.brasilturis.com.br/diretodaredacao_materia.neo?Materia=17468